Notícia - Dois meses de ações concretas pelo fortalecimento da Cultura do Cuidado

Foto

Há dois meses, em 9 de julho de 2020, o Colégio Santo Inácio assumiu o posicionamento institucional de fortalecer a Cultura do Cuidado. O documento foi fruto de muita escuta e discernimento após os fatos vividos no mês de junho deste ano, quando recebemos denúncias de assédio e de situações de sofrimento relatadas por antigas alunas. 

  

A partir das denúncias recebidas, a Direção do CSI tomou medidas em duas direções: (1) encaminhar devidamente as denúncias para apuração em âmbito legal, oferecer apoio psicológico às denunciantes e afastar os acusados; (2) investir em medidas que garantam um ambiente seguro e saudável para toda a comunidade educativa. 

  

Nestes dois meses, várias iniciativas já foram colocadas em prática nesta caminhada de fortalecimento da Cultura do Cuidado. 

  

DOIS CANAIS DE OUVIDORIA – Estão em pleno funcionamento os dois canais de ouvidoria do Colégio, um interno, o ouvidoria@santoinacio-rio.com.br, e outro externo e independente, que está sob cuidados da empresa especializada ICTS: canaldedenuncia.com.br/colegiosantoinacio/. Este está aberto para receber informações que podem ser feitas, também, de forma anônima. Nos dois canais, as mensagens recebidas são encaminhadas para apuração e avaliadas pela Comissão do Cuidado, que pode fazer à Direção do Colégio, recomendações de medidas cabíveis. Toda a comunidade educativa pode – e deve – usar os dois canais em casos de denúncias e encaminhamentos de temas delicados que precisem de atenção e apuração. 

  

MODELO DE GOVERNANÇA E CÓDIGO DE CONDUTA – Outra medida que está em pleno andamento é a melhoria do modelo de governança do Colégio. Foi contratada a consultoria especializada PwC para rever processos internos do CSI, assim como construir um código de conduta, que deverá ser seguido por colaboradores, alunos e famílias. O trabalho deve ser concluído neste segundo semestre. 

  

GRUPOS DE TRABALHO – A terceira medida concreta são os Grupos de Trabalho (GTs) que estão atuando para promover mudanças estruturais por meio de ações proativas em favor da dignidade humana e do respeito à diversidade, da melhoria do diálogo e da comunicação entre o Colégio, os estudantes e as famílias e da formação de colaboradores, alunos e responsáveis para que o ambiente seja cada vez mais saudável, seguro e confiável. 

  

“Trabalhamos intensamente nesses dois meses e seguiremos com o mesmo ímpeto até que todas as iniciativas previstas estejam totalmente implantadas”, afirma o diretor-geral do Colégio, Pe. Ponciano Petri. Todos os esforços são feitos para garantir relações e espaços seguros, saudáveis e marcados pelo diálogo intensivo, situados em um contexto de governança clara que conte com os mecanismos necessários para a gestão contínua de ética.