Retiro para alunos do Ensino Médio

Participantes vivenciam experiência dos Exercícios Espirituais de Santo Inácio de Loyola

Cultivar a vida interior e conectar-se a Deus foi o objetivo do Retiro dos Exercícios Espirituais realizado nos dias 22 a 24 de fevereiro, em parceria com o Colégio Anchieta, de Nova Friburgo. Reunidos no Chatêau dos Jesuítas, em Monnerat, região serrana do Rio de Janeiro, os 18 alunos - 11 do Ensino Médio do Colégio Santo Inácio (quatro da 2ª série e sete da 3ª) e sete do Ensino Médio do Colégio Anchieta - tiveram a oportunidade de vivenciar a experiência dos Exercícios Espirituais de Santo Inácio de Loyola, orientados por educadores do Colégio Anchieta, pelo coordenador e pela agente da Formação Cristã, Jonas e Daniele, e pelo diretor-geral do CSI, Pe. Ponciano.

A atividade apresentou a dinâmica dos Exercícios num clima de silêncio e de escuta num lugar privilegiado, que motivou o encontro pessoal com Deus, com a criação e com o eu interior de cada participante. Para Jonas, foi muito bom perceber a abertura dos alunos para a proposta de conhecer e fazer contato com a espiritualidade inaciana. “Todos demonstraram alegria e gratidão pela oportunidade de participarem de um evento em que puderam mergulhar nas reflexões acerca da vida, através da oração e  da meditação da Palavra de Deus, da eucaristia, de partilhas e dinâmicas realizadas com objetivo de ajudar na formação humano-espiritual dos exercitantes. Foi um tempo muito proveitoso de encontro com Deus, com a natureza, consigo mesmo e com os irmãos", disse o coordenador da Formação Cristã.

Catarina Parente, aluna da 2ª série do Ensino Médio do CSI, contou que o Retiro dos Exercícios Espirituais foi, sem dúvida, uma experiência inesquecível: “Pude perceber que escutar o que você mesmo tem pra falar é essencial, e que, muitas vezes, o silêncio é libertador. Uma maneira de sentir e me aproximar de Deus que só  Santo Inácio pode proporcionar. Dias que irei levar pra vida”. Já Lucas Dietrich, da 3ª série do Ensino Médio do CSI, comentou o quão difícil é descrever o que foi o retiro para ele. “Foi fantástico! Pude reafirmar minha fé e solucionar os meus dilemas internos por meio dos Exercícios Espirituais que, sem dúvidas, me enriqueceram muito como ser humano. Gratidão!”, comentou Lucas.