Encontro de Jovens Inacianos 9ºEF

Reflexões, trocas de ideias e espiritualidade fizeram parte da atividade

Alunos do 9º ano EF do CSI participaram do Encontro de Jovens Inacianos, nos dias 22 e 23 de junho, na Vila Santo Inácio, em Corrêas.  O encontro visa introduzir os alunos nas práticas da espiritualidade inaciana de forma jovial, dinâmica e, ao mesmo tempo, profunda.

Acompanhados pelos agentes de Formação Cristã do CSI, Rodrigo Moco e Juan Pablo, pela coordenadora e pela orientadora da série, Márcia Caetano e Claudia Gindre, pela professora de história, Patrícia Zanatta e pelo diretor geral, padre Ponciano Petri, os 59 alunos participantes realizaram oficinas com temas relacionados à vida na adolescência: sexualidade, redes sociais, escolhas, momentos de lazer, espiritualidade e partilha. Para o aluno Pedro Coutinho, foi um momento proveitoso para reflexões pessoais e de atitudes do cotidiano. “O EJI foi uma experiência incrível, um dos melhores finais de semana da minha vida. Eu descobri muitas coisas que não sabia sobre mim, foi um lugar de enorme reflexão pessoal. Eu me aproximei de pessoas incríveis lá e todas as atividades nos fizeram pensar sobre quem somos, nossas atitudes e como vemos o outro. Para mim, o melhor momento foi quando nos juntamos em torno da fogueira e desejamos coisas boas uns aos outros. Recomendo muito que quem tenha oportunidade vá ao EJI”, disse o aluno. 

Rodrigo Moco comentou, maravilhado, sobre a experiência com os alunos: “Eu me surpreendo com o nível dos debates provocados pelos estudantes e acima de tudo com a sensibilidade que apresentam para uma experiência de espiritualidade. Mesmo com tantas distrações e a cultura de indiferença presentes nesta metrópole que é o Rio de Janeiro, percebo adolescentes com fome e sede de justiça, desejo de engajamento, sensibilidade a questões sociais e humanas. Vivências como as proporcionadas no EJI me ajudam a perceber o quanto o nosso trabalho como educadores é essencial e o quanto a pedagogia inaciana faz sentido. Valeu demais a pena!”, falou Rodrigo.

No encontro são abordados assuntos relacionados ao cotidiano dos alunos, especialmente para as turmas de 9ºEF, único ano do Ensino Fundamental em que existe a oferta da atividade, proporcionando a possibilidade de treinar o olhar para a percepção da presença de Deus nos assuntos do dia a dia e na dimensão do extraordinário que cada experiência tem. É o ver Deus em todas as coisas e todas as coisas em Deus, ensinado por Santo Inácio.