Educadores da RJE concluem ciclo de disciplinas do curso de formação

Mestrado em Gestão Educacional terminou neste mês de janeiro

Profissionais das escolas da Rede Jesuíta de Educação concluíram uma importante etapa de sua formação. Terminou, no dia 14 de janeiro, o ciclo de disciplinas do mestrado em Gestão Educacional oferecido pela RJE em parceria com a Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos) em São Leopoldo, Rio Grande do Sul.

Ao todo, foram treze disciplinas abordando temas que vão desde história, políticas e legislação educacional até tecnologias digitais aplicadas à educação, totalizando três semestres letivos. Os estudantes tiveram aulas teóricas, presenciais e não presenciais, mas também atividades práticas e visitas de campo a outras instituições. Os mestrandos passaram ainda pelos testes de proficiência em língua estrangeira e pelos exames de qualificação de seus projetos, tendo sido todos aprovados.

Além de um momento de confraternização, no encerramento desta etapa, houve, no Centro de Eventos Cristo Rei (Cecrei), em São Leopoldo-RS, uma celebração eucarística presidida pelo padre Mário Sündermann, SJ, idealizador do projeto de formação que inclui ainda um curso em nível de especialização. Além dos educandos, estavam presentes os professores e coordenadores do programa de mestrado em Gestão Educacional da Unisinos.

Na ocasião, Sudermann afirmou que essa turma “está nos dizendo que é possível fazer com que o sonho da Companhia de sermos um corpo apostólico se manifeste junto aos nossos colaboradores, que vale a pena, que podemos seguir avançando mais”. Ele disse, também, que, além do conhecimento teórico e experiencial, “vocês fizeram um movimento de unidade da Rede entre vocês, porque vocês estão falando como Rede e não como unidades”.

O curso, que teve início em outubro de 2016, segue agora com a fase de pesquisas. Os alunos terão até outubro deste ano para concluir suas dissertações. No próximo mês de março, começam as aulas da segunda turma do mestrado oferecido pela RJE especialmente aos profissionais das escolas de todo Brasil.

Fonte: Colégio Loyola